estudantes universitários economizarem

Dicas para estudantes universitários economizarem

Por mais que os estudos sejam sempre dados como uma mais valia para a entrada no mercado de trabalho, mesmo sabendo que hoje em dia já não é assim tão seguro, estudar numa universidade pode ser uma despesa bastante grande. Muitos estudantes precisam de sair da sua zona de residência para ingressar no mundo universitário, outros necessitam de alguns ajustes para conseguir concluir o curso, por isso estudantes universitários economizarem.

No caso das universidades particulares, os custos são realmente altos, mas hoje vamos concentrar-nos nas universidades públicas, onde mesmo assim existe, só a nível de propinas, um custo anual de perto de 1100€. A maioria dos estudantes têm a ajuda da família, não tendo por isso que recorrer a trabalhos em part-time, mas quando não é o caso, economizar é tão ou mais importante como o próprio trabalho. Não esquecer que não é pelos pais ajudarem que os estudantes podem gastar rios de dinheiro desnecessariamente, por isso é aconselhável que de uma forma ou de outra, os estudantes universitários devem sempre poupar ao máximo.

Sabendo que nem sempre os estudantes têm contacto com a realidade do dia-a-dia de estar fora da alçada dos pais, tendo por isso algumas dificuldades no que diz respeito às contas, aos gastos e até às compras que são necessárias, elaboramos esta pequena lista de dicas para os estudantes universitários economizarem ao máximo durante todo o seu curso.

Dicas para estudantes universitários economizarem ao máximo

Material Escolar – pode parecer quase ridículo referir este tipo de material, mas grande partos dos estudantes universitários, principalmente aqueles que estão agora a ingressar neste mundo, ficam entusiasmados com a sua entrada que gostam de ter todo o tipo de materiais novos, desde cadernos a canetas.

Por isso, a primeira coisa a fazer é procurar economizar ao máximo neste tipo de material, reutilizando material de outros anos, desde que este esteja capaz, obviamente.

Grupos de Trabalho e Estudo – outro dos problemas dos universitários é a quantidade de textos, artigos, livros que têm que ler durante o percurso de cada cadeira, então a nossa sugestão é que organizem grupos de trabalho e estudo, partilhando esse material e evitar assim estar a despender de muito dinheiro para adquirir esses materiais. Mas nestes casos é necessário que o grupo de trabalho tenha o mesmo ritmo, senão o desastre será eminente.

Jantares, Festas e Saídas – Não vamos dizer para não ir às festas, aos jantares e às saídas com os colegas, mas não devem ir a todas as que são organizadas, principalmente se esperam economizar alguma coisa. Além disso, podem sempre optar pelas reuniões e encontros mais caseiros, onde os gastos são sempre significativamente menos. Diversão não é sinónimo de gastos exagerados.

Alimentação – obviamente que aqui é onde poderá poupar mais dinheiro diariamente, porque a tendência é aproveitar as refeições para estar com os amigos e assim as refeições fora tornam-se praticamente incomportáveis ao final do mês. Assim, tente comer fora o menos possível, aproveitando a sua própria cozinha, fazendo refeições leves e até levar lanches e refeições já feitas para a universidade.

Idas a casa dos pais – não estamos aqui a sugerir que não vá visitar a família com regularidade, mas em alguns casos, principalmente se estiver a uma longa distância da sua zona de residência habitual, as viagens ao fim-de-semana podem tornar-se bastante dispendiosas. Opte por telefonar diariamente ou dois em dois dias, usar a Internet para comunicar com eles e assim conseguir manter alguns fins-de-semana para poupança. Mas estes fins-de-semana que não vai a casa dos pais, não deverá sair para gastar desenfreadamente. Aproveite para descansar, para estudar ou organizar a semana com antecedência.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.